.

.

Falar de batatas é como lembrar o tempo de criança que ao ouvir alguém falar batatas, vinha logo aquele versinho: batatinha quando nasce se esparrama pelo chão, menininha quando dorme, põe a mão no coração.
Mas além de versos, também precisamos saber que a batata é um dos alimentos mais usados e apreciados na culinária nacional e internacional.

A batata é um tubérculo comestível, vindo da África do Sul. Chegou a França em 1540, como planta ornamental e começou a fazer parte da comida francesa em 1787, graças a Parmentier e seu intensivo trabalho para popularizá-la. No Brasil planta-se 80% de batatas tipo holandesa e 20% tipo alemã e sueca. O que constitui um estranho paradoxo, pois, vulgarmente, o tipo mais conhecido, é o da batata inglesa. Siga algumas regrinhas básicas para que se possa diminuir a perda de sais minerais, e evitar desperdícios. Primeiro: cozinhe batatas com pouca água. Segunda: asse no forno com pele para conservar o máximo de paladar e potássio. Terceira: conserve em local bem arejado e elimine aquelas que se mostrem apodrecidas. Enfim, vamos a algumas receitas?

Nhoque de batatas
Batatas cozidas e passadas por espremedor, meça para cada 10 colheres de sopa de batatas, junte 3 colheres de sopa de farinha de trigo, 1 de maizena, e 1 gema. Temperar com sal e pimenta branca a gosto. Trabalhe-a na mesa, polvilhada com maizena. Modele os nhoques, passando-os por amido de milho. Cozinhe em água temperada com sal. Retire da panela com auxílio de uma escumadeira. Arrume-os em um refratário untado com manteiga e vá intercalando as camadas com molho de tomates ou bolonhesa. Polvilhe queijo parmesão ralado e leve ao forno para gratinar

Sopa de batatas
Ingredientes: 1/2 de caldo de galinha ou carne, 300g de batatas cortadas em cubinhos, 1 cebola pequena picada, 1 colher de sobremesa de manteiga, 1 xícara de chá de leite, 1 colher de sopa de queijo gruyere ralado grosseiramente, sal e pimenta branca a gosto.
Modo de fazer: descascam-se as batatas e põem-se a cozer no caldo, juntamente com a cebola alourada na manteiga. Logo que esteja tudo bem cozido, passa-se pela peneira, adicione o leite, e o queijo ralado. Tempere com sal e pimenta branca a gosto. Leva-se de novo ao fogo somente até levantar fervura. Servir acompanhada de Croutons.

Purê de batatas
1/2 kg. de batatas cozidas e passadas pelo espremedor. Junte 1 gema, 1 colher de sopa de queijo parmesão, 1 colher de sobremesa de maizena, 1 colher de sobremesa de manteiga, 11/2 xícaras de chá de leite de vaca, sal e pimenta branca à gosto. Misture todos e leve ao fogo sempre mexendo até que forme um mingau grosso. Servir imediatamente.
Batatas coradas
Ingredientes: 500 gr de batatas, 1 colher de sopa de manteiga ( 20 gr ), 1 colher de sopa de azeite de oliva, sal e pimenta a gosto. Modo de Fazer: Descasque as batatas, lave-as e corte-as em cubos, largos. Numa panela, derreta a manteiga e o azeite. Junte as batatas e deixe cozer durante 12 a 15 minutos e mexa de vez em quando. Escorra e tempere com sal e pimenta. Sirva quente!

Batatas gratinadas
Ingredientes: 600 g de batatas,1 dente de alho, 2 colheres de sopa de manteiga, 500 ml de leite, sal, pimenta, noz-moscada, 1 ovo, 1 colher de sopa de pão misturada a 1 colher de sopa de queijo ralado.
Modo de fazer: com o dente de alho, esfregue o interior de um refratário e unte-o com uma colher de sopa de manteiga. Espalhe as batatas descascadas, cortadas em rodelas muito finas e muito bem enxutas.
Regue com 450 de leite fervendo. Tempere com sal, pimenta e noz-moscada.
Leve a cozer em forno quente (200ºC), durante 50 minutos. À parte, bata o ovo com o restante leite, sal e pimenta. Deite o preparado sobre as batatas já cozidas, polvilhe com a farinha de pão e queijo ralado, e o restante manteiga .
Leve ao forno a alourar mais 15 minutos.

Rocambole de batatas
Ingredientes: ½ kg. de batatas cozidas e passadas por espremedor, ½ xícara de chá de leite, ¾ de xícara de chá de farinha de trigo, 2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado, sal a gosto, 1 colher de sopa de manteiga, 3 ovos batidos separados.
Modo de fazer: misture todos muito bem e asse em tabuleiro untado com manteiga e polvilhado com farinha de trigo.
Temperatura do forno, 200 graus. Desenforme sobre um pano de prato umedecido, recheie e enrole com a ajuda do pano. Descanse por 20 minutos. Pôr numa travessa, cobrir com molho de tomates, polvilhe queijo ralado e leve ao forno para gratinar.
Obs. Use o recheio de sua preferência ex: carne moída, bacalhau, frango ou outro.

0 comentários :

Postar um comentário


POLÍTICA DE MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

 
Top